Archive for the Eu Comigo Category

DARK THOUGHTS IN BLANK VERSES

Posted in Eu Comigo with tags , on maio 22, 2011 by Fernando Gomes

At this night, It strikes again
The beast is on the loose
With Its sulfur breath
Its teeth is all huge
Its fangs is deadly
And it sticks them in my mind
Piercing into my very soul

It laughs at me, very high
I´m in its hands now
Totally bound to its will
Once more time, again
But I am getting strong, yes!
Building my wall, brick by brick
I´m sharpening my sword

My armor is getting harder
My spear has a long range
And I will fight this beast
I declare war to it.
I will fight it, battle by battle
Night by night
Stabbing its belly
Cutting its head once for all

But, like the hidra, its prevail
So I don´t put my guard down
Cause this beast lives with me
It lives in me, inside my mind
So it will keeping  attacking me
But, I´m far stronger now
And, someday, I will win
It draw first blood yes
But I will make the final blow
And I will walk in the sun again…

                                   By Fernando Gomes

O TEMPO CERTO

Posted in De tudo um pouco, Eu Comigo with tags , , on maio 3, 2011 by Fernando Gomes

Estes dias, recebi um pequeno texto de um amigo meu, contando uma história  sobre o tempo. Achei interessante postar aqui, pois é sobre algo, que é obvio, mas que muita gente não para para  pensar. Para tudo a seu tempo. Não existe o acaso, porém, quem faz o destino somos nós, sempre alimentado nosso caminho, em conjunto com a inluencia da espontaneidade  natural das coisas.

De nada adianta querer apressar as coisas.
Tudo vem ao seu tempo, dentro do prazo que lhe foi previsto, mas a natureza humana não é muito paciente.
Temos pressa em tudo, aí acontecem os atropelos do destino, aquela situação que você mesmo provoca por pura ansiedade de não aguardar o Tempo Certo.

 Mas alguém poderia dizer: mas qual é esse tempo certo?
 
Bom, basta observar os sinais…
Quando alguma coisa está para acontecer ou chegar até sua vida, pequenas manifestações do cotidiano enviarão sinais indicando o caminho certo.
Pode ser a palavra de um amigo, um texto lido, uma observação qualquer, mas com certeza, o sincronismo se encarregará de colocar você no lugar certo, na hora certa, no momento certo, diante da situação ou da pessoa certa!
Basta você acreditar que NADA ACONTECE POR ACASO!
 
E talvez seja por isso que você esteja agora lendo essas linhas…
Tente observar melhor o que está a sua volta.
Com certeza alguns desses sinais já estão por perto, e você nem os notou ainda.
 
Lembre-se que:
O universo sempre conspira a seu favor, quando você possui um objetivo claro e uma disponibilidade de crescimento.
 

Algo muito legal para se pensar na fila! 🙂

ESCOLHAS

Posted in Eu Comigo with tags on setembro 11, 2010 by Fernando Gomes

Noite ou dia?
Preto ou branco?
Truffaut ou Michael Bay?
Um belo grelhado ou uma boa massa?
Marvel ou DC?
Mate puro ou com leite?
HTML ou Flash?
Dormir o dia inteiro ou bater perna?
Carro automático ou manual?
Cão ou Gato?
Um RPG ou pancadaria?
1 ou 0?
Os rebeldes ou o Império?
Sonic ou Mario?
DVD ou BLU-RAY?

As escolhas são muitas que estou vendo.
Mas me atormenta com vigor ferrenho,
Justo aquela, entre passado e presente.
Aquela escolha que eu nunca tenho…

By Fernando Gomes, em uma noite profunda de insônia, face a face com seus demônios mais assustadores.

ENCONTRO COM O DESTINO

Posted in Eu Comigo with tags on março 19, 2010 by Fernando Gomes

Hoje eu vou contar uma curta história, algo que aconteceu comigo, algo simples, mas bem interessante, que é mais uma prova de que a vida fala conosco a toda hora, mas nós temos que aprender a ouvi-lá.

Ontem eu não fui trabalhar porque não estava muito bom, com dores no corpo e cabeça. Pensei que fosse um inínio de gripe, ou algo do gênero. Enfim, após conseguir sair da cama e ter alguma disposição para pegar meu carro e ir ao hospital, passei pela consulta, cujo diagnostico fora uma mistura de stress com algo que eu possa ter comido, sai do hospital e fora de encontro a meu carro, com o corpo dolorido, para pega-lo e voltar para casa. Eis que, neste caminho, um homem, de uns quarenta e poucos anos, vestindo roupas limpas, porém Bem gastas, cruza comigo na calçada, me parando e dizendo: ” Por favor, minha esposa entrou agora na UTI, nós estamos sem dinheiro e com muita fome, eu e meus filhos, por favor, o senhor não poderia me comprar quatro pãezinhos na padaria ao lado para nos ajudar ?
Bom, sem nem pensar, eu atravessei a rua, entrei na padaria e comprei seis pães e 400 gramas de presunto para ele. O homem, ao receber pacote, se pos em lágrimas, me agradecendo com todos ps elogíos possíveis, e voltando ao hospital, não ao mesmo que eu estava, mas para o hospital público que há a cerca de três quadras de lá.
Ai voltando para casa, em meio ao trânsito maluco do horário do Hush, eu vim pensando – ” Por que eu ? Por que ele veio justo a mim ? Sendo que haviam muitas pessoas passando na rua junto comigo naquele momento, pessoas que talvez até fossem mais generosas que eu nesta hora, quem sabe ? Só sei que me senti muito bem ao fazer isso, gastei Míseros R$ 9,75 para fazer um ser humano extremamente feliz, com tão pouco !

Mas não pensem que faço isso com qualquer um ! Não faço, porém, neste caso, senti que era a coisa correta a fazer, que eu teria que estar naquele lugar, naquela hora, era o único lugar no universo onde eu realmente deveria estar naquele momento determinado. Claro que eu poderia ter negado ajuda ao homem, afinal, sou um homem livre, porém, com certeza, além de eu não me sentir bem posteriormente, eu haveria de pagar por isso de alguma forma, pois foi a vida que me pôs naqule local, no dia e hora exatos para que eu provesse a ajuda necessária a aquela pessoa. Ou seja, a vida falou, e eu escutei direito, pelo menos desta vez!

Por isso, tentem escutar a vida, pois realmente ela fala conosco a toda hora, mas nós, na maioria das vezes, não damos ouvidos a ela.

Bem, eu dei ouvidos desta vez, e me senti muito bem ! Mesmo estando mal !

Good night everyone !!! 😉

INSÔNIA

Posted in Eu Comigo with tags on março 15, 2010 by Fernando Gomes

A noite passa, está para terminar
Meus olhos alertas, sem vontade de fechar
Penso no dia que vai se iniciar
Quase hora de trabalhar
Hoje tem contas para pagar
A rotina vou retomar
Neste momento, envolto em pensamentos
Revivendo alguns momentos
Tentando me livrar de alguns tormentos
Minha mente a mil
Analizando acontecimentos
Em um mar de sensações
Vitorias, derrotas e desilusões
Pelas horas vou percorrendo
Vendo, lendo e escrevendo
Nesta insônia noite adentro…

By Fernando Gomes

SINFONIA AGRIDOCE

Posted in Eu Comigo with tags on março 11, 2010 by Fernando Gomes

A vida é uma sinfonia, nem amarga nem doce, na verdade, agridoce.
Olho à minha volta e vejo um mundo cujo sentido esta estranho, para onde vou ? Se ficar o bicho pega? E se correr ? Será que ele come mesmo ?
Em uma determidada parte, esta sinfonia estava bem amarga, quase um limão, porém, ela foi recebendo uma doçura tão especial, que se transformou em uma vedadeira obra prima. Não era somente Bethoven que havia feito sua 9ª. Porém, como que por uma necessidade cósmica, o gosto amargo começou a prevalecer, criando esta verdadeira qualhada. Ao longo do tempo, o mel a equilibrou novamente mas, ainda sim, prevalece a amargura de um momento, que um dia já foi bem doce. Mas a grande sinfonia agridoce continua, sem parar, até que o ultimo acorde, seja ele doce ou amargo, seja dado.

ATUALIZADO PARA A VERSÃO 3.3

Posted in Eu Comigo with tags , , , on março 4, 2010 by Fernando Gomes

Bom, é isso, hoje, 04/03/2010, estou sendo atualizado para a versão 3.3 de mim mesmo, nesta atualização anual de firmware que ocorre com todos nós, até o dia em que seremos descontinuados, dado o tempo excessivo de uso. Hoje é dia de pensar como foi este ultimo ano, como está a vida, os acertos e, principalmente, os erros (estes sim nos fazem crescer, pois os acertos são somente o que é esperado de cada um de nós). Mas hoje, vou deixar de lado a minha vontade de escrever algo que realmente seja considerado uma poesia, e pedir a ajuda de quem sabe de verdade. Pedi ajuda a ninguém menos que Mario Quintana:

Quem Sabe um Dia

Quem Sabe um Dia
Quem sabe um dia
Quem sabe um seremos
Quem sabe um viveremos
Quem sabe um morreremos!

Quem é que
Quem é macho
Quem é fêmea
Quem é humano, apenas!

Sabe amar
Sabe de mim e de si
Sabe de nós
Sabe ser um!

Um dia
Um mês
Um ano
Um(a) vida!

Sentir primeiro, pensar depois
Perdoar primeiro, julgar depois
Amar primeiro, educar depois
Esquecer primeiro, aprender depois

Libertar primeiro, ensinar depois
Alimentar primeiro, cantar depois

Possuir primeiro, contemplar depois
Agir primeiro, julgar depois

Navegar primeiro, aportar depois
Viver primeiro, morrer depois

 – Mario Quintana

 

Bom, é isso, e ainda sim empresando novamente este grande poeta, deixo uma frase muito simples e muito verdadeira em sua simplicidade:  “Viver vale a pena, mesmo se for só para dizer que não vale “

Até mais !  😮