ENCONTRO COM O DESTINO

Hoje eu vou contar uma curta história, algo que aconteceu comigo, algo simples, mas bem interessante, que é mais uma prova de que a vida fala conosco a toda hora, mas nós temos que aprender a ouvi-lá.

Ontem eu não fui trabalhar porque não estava muito bom, com dores no corpo e cabeça. Pensei que fosse um inínio de gripe, ou algo do gênero. Enfim, após conseguir sair da cama e ter alguma disposição para pegar meu carro e ir ao hospital, passei pela consulta, cujo diagnostico fora uma mistura de stress com algo que eu possa ter comido, sai do hospital e fora de encontro a meu carro, com o corpo dolorido, para pega-lo e voltar para casa. Eis que, neste caminho, um homem, de uns quarenta e poucos anos, vestindo roupas limpas, porém Bem gastas, cruza comigo na calçada, me parando e dizendo: ” Por favor, minha esposa entrou agora na UTI, nós estamos sem dinheiro e com muita fome, eu e meus filhos, por favor, o senhor não poderia me comprar quatro pãezinhos na padaria ao lado para nos ajudar ?
Bom, sem nem pensar, eu atravessei a rua, entrei na padaria e comprei seis pães e 400 gramas de presunto para ele. O homem, ao receber pacote, se pos em lágrimas, me agradecendo com todos ps elogíos possíveis, e voltando ao hospital, não ao mesmo que eu estava, mas para o hospital público que há a cerca de três quadras de lá.
Ai voltando para casa, em meio ao trânsito maluco do horário do Hush, eu vim pensando – ” Por que eu ? Por que ele veio justo a mim ? Sendo que haviam muitas pessoas passando na rua junto comigo naquele momento, pessoas que talvez até fossem mais generosas que eu nesta hora, quem sabe ? Só sei que me senti muito bem ao fazer isso, gastei Míseros R$ 9,75 para fazer um ser humano extremamente feliz, com tão pouco !

Mas não pensem que faço isso com qualquer um ! Não faço, porém, neste caso, senti que era a coisa correta a fazer, que eu teria que estar naquele lugar, naquela hora, era o único lugar no universo onde eu realmente deveria estar naquele momento determinado. Claro que eu poderia ter negado ajuda ao homem, afinal, sou um homem livre, porém, com certeza, além de eu não me sentir bem posteriormente, eu haveria de pagar por isso de alguma forma, pois foi a vida que me pôs naqule local, no dia e hora exatos para que eu provesse a ajuda necessária a aquela pessoa. Ou seja, a vida falou, e eu escutei direito, pelo menos desta vez!

Por isso, tentem escutar a vida, pois realmente ela fala conosco a toda hora, mas nós, na maioria das vezes, não damos ouvidos a ela.

Bem, eu dei ouvidos desta vez, e me senti muito bem ! Mesmo estando mal !

Good night everyone !!! 😉

Anúncios

Uma resposta to “ENCONTRO COM O DESTINO”

  1. Alessandra Says:

    PARABÉNS PELO ATO !!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: