Les Fleurs Du Mal (As Flores do Mal)

Destruição

 ” O demonio está sempre andando ao meu lado;
Ele flutua ao meu redor como um ar impalpável;
Eu o engulo, eu o sinto queimar meus pulmões;
E o sinto com um eterno e pecaminoso desejo.

As vezes, sabendo de meu pronfundo amor pelas artes,
ele assume a forma da mais sedutora mulher, e, com pretextos
enganosos e hipócrita, acostuma meus lábios a infames feitiços.

Ele me leva, desta forma, longe da visão de Deus;
Pintando e quebrando, com fadiga, no meio das planicies
de Ennui, infinitas e desertas e abandonadas. “

– Les Fleurs Du Mal by Charles Baudelaire

Leiam tudo…Esta aqui, vale a pena…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: